Tendências de TI para os próximos anos - #Tecnologia
 
INC EmpreendedorINC Pautas..editora

 

MASTER PROFESSIONAL - Crie 5 produtos altamente lucrativos

Após 10 ANOS e 40.000 títulos publicados,
creio já ter feito o bastante pelo empreendedorismo,
ao menos por este canal.
Este site está à venda, completo, com domínio e clientes.
Entre em contato com sua proposta

 

INCorporativa Empreendedor
login
Esqueci a senha

Linked In
RSS Feeds Twitter

 


 

ESTE SITE ESTÁ À VENDA

 

CONTATO

 


Gerenciador Financeiro
móvel
       
  Bookmark and Share     
#Tecnologia
Tendências de TI para os próximos anos

Brasil vive permanentemente a reboque do que acontece nos grandes mercados de tecnologia, especialmente os EUA e Ásia


  Views: 5307 - incorporativa.com.br - reprodução permitida com link para fonte
Esta pauta é de sua assessoria? Cadastre-se na Agência de Pautas INCorporativa.

 23/09/2013 - Por Miguel Ruiz* 

O mercado de Tecnologia da Informação exige atenção permanente, pois até mesmo tendências que parecem consolidadas podem mudar de um momento para outro, colocando em xeque investimentos de longo prazo. Com a globalização das empresas, o Brasil vive permanentemente a reboque do que acontece nos grandes mercados de tecnologia, especialmente os Estados Unidos e Ásia. E o que está acontecendo por lá neste exato momento, que possa impactar o que fazemos aqui?

Um estudo desenvolvido pela IPSoft e publicado na Revista Forbes aponta tendências importantes em tecnologia da informação, algumas já nossas conhecidas e outras até surpreendentes. Comecemos pela mais surpreendente: a morte do “offshoring”.

Para quem não está familiarizado com a expressão “offshoring”, trata-se da terceirização de atividades de TI em outros países, como Índia e China, por exemplo. Adotada já há algumas décadas por muitas empresas nos Estados Unidos e algumas poucas no Brasil, o “offshoring” começa a enfrentar problemas em função do aumento dos custos nesses países, agravados por oscilações cambiais drásticas, como as que estamos vivendo agora no Brasil. Mas também pelo fato de que a terceirização para empresas em países com culturas tão diversas como esses dois acarreta problemas de comunicação que fatalmente causam impactos na prestação de serviços. A redução da prática do “offshoring”, prevista como tendência, fatalmente acarretará o fortalecimento dos prestadores de serviços de TI internos ou locais, que dialogam com mais facilidade com as empresas que atuam em seu país.

Outra tendência virá com a entrada de tecnologias de inteligência artificial e reconhecimento de voz em processos de help desk. Com a crescente complexidade das estruturas de TI, o help desk, ou seja, o suporte para a resolução de problemas com o uso de tecnologia, tem sido uma atividade custosa para as empresas. O uso de tecnologias mais inteligentes nesse campo pode ajudar na resolução de problemas e redução dos custos dessa atividade. Curiosamente, o estímulo a um help desk mais automatizado e de menor custo pode vir justamente a partir das tecnologias de comunicação móveis, com o uso de aplicativos. É algo para se olhar de perto.

A terceira tendência mais significativa é a da automação. Para os norte-americanos, o termo preciso para isso é “rise of the machines”, ou as máquinas assumem o controle. As empresas buscarão automatizar tudo o que for possível, visando reduzir o impacto do erro humano nos processos de TI, bem como dos custos agregados. Para nós, do Brasil, essa é uma tendência onde há muito a conquistar, uma vez que impacta a própria produtividade dos trabalhadores do país. Hoje, um trabalhador brasileiro gera perto de 22.000 dólares por ano de riqueza. O americano, cerca de 100.000 dólares. Ou seja, são necessários cinco brasileiros para produzir a mesma riqueza que um americano. Essa desproporção está diretamente associada ao uso intensivo de tecnologia da informação. E se os norte-americanos vão investir mais em automação, podemos esperar que a produtividade deles seja ainda maior do que a nossa se deixarmos de investir em mais eficiência tecnológica.

Por fim, uma tendência que vai se consolidando é a da computação em nuvem. No entanto, como mostra o estudo da IPSoft, veremos uma mudança significativa do uso da computação em nuvem de atividades periféricas, como uso de e-mail, para atividades centrais, como sistemas de gestão empresarial, por exemplo, que deixaram o mundo interno das organizações para se alojarem em servidores externos, acessados pela web.

Essa tendência, no Brasil, ainda enfrenta sérios obstáculos quando consideramos a precariedade dos serviços de telecomunicações, com uma qualidade de banda larga limitadíssima, bem como dificuldades de acesso dos serviços de telecomunicações a regiões mais interiorizadas, justamente para onde estão migrando muitas plantas industriais.

(*) Miguel Ruiz é fundador e presidente da MR Consultoria, empresa brasileira especializada em consultoria para outsourcing de TI.

Facebook xCurta a INCorporativa no Facebook
Twitter xAcompanhe pelo Twitter
Newsletter xReceba a Newsletter
Envie notícias xViu alguma notícia e quer que publiquemos? Envie-nos



Mais de hoje:
  06/07/2016 - 3 passos para a vida financeira dos sonhos
  29/06/2016 - Para economizar é preciso gastar!
  15/06/2016 - Pare de reclamar!
  07/06/2016 - O barato pode custar caro
  01/06/2016 - Acabe com a miopia financeira

 

 

 

 

px
Sexualidade

egoi

artigos
 
Publique seus Artigos
- Faça o login para publicar
 
Luciano Antonio Serrano
Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
 
Allan Alves
10 dicas para aumentar a sua empregabilildade
 
Ernesto Berg
Todos Têm Aptidão para Liderar
 
proefi
Porque realizar uma pesquisa de Clima Organizacional
 
Helder Sampaio
Certificado Digital – Você ainda vai ter um!
 
H.R.Meirim
Médias e pequenas empresas estão começando a olhar para a atividade lo...
 
Paulo Massuno
Comunicação eficaz nas empresas
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 
 
 
AGÊNCIA DE PAUTAS, HOJE
Assessoria, cadastre-se aqui
11:19  Prevenção pode evitar tratamento de assimetrias faciais
10:10  Argo Seguros amplia vantagens do seu Clube de Benefícios aos segurados
09:54  Moda Para O Bem visa a arrecadar fundos para ajudar entidade maringaense
09:37  O que os PJs precisam saber sobre retiradas da empresa

Visite o site
x
 
 
 
  Editora INCorporativa  
INCorporativa Comunicação
Comunicação e divulgação para empresas, profissionais liberais e produtos Saiba mais
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos - Saiba mais
 
  VOCÊ ESTÁ AQUI:
  INCorporativa Empreendedor   INCorporativa EMPREENDEDOR
Notícias e artigos de interesse ao empreendedor e seus colaboradores.
Cadastrados podem inserir artigos sobre negócios e utilizar o gerenciador financeiro Meu Dinheiro.
Acesse diariamente e atualize-se. Siga-nos no Facebook e Twitter.
 
       
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
Cadastro Nas Redes Sociais
Linkedin
Twitter
ME Adiciona
 
Institucional
Fale Conosco
Parcerias
Quem Somos
Termos de Uso
Política Privacidade
 
 
 
Mais
Sugerir artigos
Sugerir pauta
Afiliados
 
PAC-PME
 
Meu Gerente
 
Marcas que Brilham
.
Meu Dinheiro
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2014.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.