80% dos brasileiros estão estressados - #Saúde https://www.google.com/appserve/mkt/p/ABMBUQNF_ZZQIgLv7lqQNcSgvY2XHQqooDnzPrT-XURcaujJY2Rd0BUOgSoxn22cRrroXseTT_hpoLyOgzvCuSVAYFdcAPDvpAuF9gLgS074wgL4
 
INC EmpreendedorINC Pautas..editora

 

MASTER PROFESSIONAL - Crie 5 produtos altamente lucrativos

Após 10 ANOS e 40.000 títulos publicados,
creio já ter feito o bastante pelo empreendedorismo,
ao menos por este canal.
Este site está à venda, completo, com domínio e clientes.
Entre em contato com sua proposta

 

INCorporativa Empreendedor

Gerenciador Financeiro
móvel
       
#Saúde Bookmark and Share    
  09/10/2014 - Empregado soropositivo: estabilidade eterna?
  23/09/2014 - Estresse: vilão ou aliado?
  16/07/2014 - Como evitar a depressão no ambiente corporativo
1 2  3  4  5  6   
80% dos brasileiros estão estressados

Confira três dicas para aprender a identificar os sintomas da doença

Destaque

  Views: 6493 - incorporativa.com.br - reprodução permitida com link para fonte

22/09/2014

Em 23 de setembro, o dia Mundial de Combate ao Estresse alerta para a banalização da condição, muito falada mas pouco levada a sério

No Brasil, a ideia é conscientizar, tirar as dúvidas e auxiliar os milhares de brasileiros que sofrem com o problema

Confira três dicas para aprender a identificar os sintomas da doença

Durante a correria do dia a dia, é difícil imaginar alguém que nunca tenha passado por uma situação de estresse e sentido um dos sintomas da doença. Mas é comum as pessoas não darem importância para esses avisos, procurando ajuda somente quando o estresse crônico já provocou alguma doença mais grave.

Os sinais mais comuns do estresse são; batimento cardíaco acelerado, dores na região do estômago, tensão muscular constante, insônia e respiração ofegante. De acordo com a International Stress Management Association, ISMA, o problema afeta 80% da população brasileira, sendo que 30% está em nível crítico – quando o estresse é crônico e já acarreta outras doenças.

Para tentar amenizar os problemas que o estresse provoca no corpo e na mente, pesquisadores da NPT – Neuropsicotronics instalada no Cietec - Centro de Inovação da Universidade de São Paulo – USP desenvolveram uma tecnologia de biofeedback cardíaco, que mede as respostas fisiológicas do coração e, por meio delas, propõe jogos interativos para auxílio na redução do estresse e suas consequências, como ansiedade, depressão, pressão alta e colesterol.

De acordo com pesquisa realizada com profissionais submetidos ao treinamento por meio da tecnologia conhecida como cardioEmotion, comprovou-se o aumento na estabilidade emocional dos participantes e melhora no relacionamento interpessoal dentro e fora da empresa; 96% dos profissionais relataram melhora no equilíbrio emocional e 63% redução do estresse ruim.

Confira três dicas para aprender a identificar os sintomas da doença;

 1 – Todos nós vivemos situações de estresse

 O estresse pode chegar de uma forma aguda, rápida, precisa, como quando estamos expostos a um evento de risco de vida. Por meio de mecanismos de defesa, o corpo libera doses excessivas de adrenalina no sangue, preparando o corpo para ataque ou fuga. É uma reação primitiva de sobrevivência, de defesa, herdada de nossos ancestrais do tempo das cavernas. O que pouca gente sabe é que existe também o estresse bom, conhecido como “eustresse”. O eustresse motiva e estimula a pessoa a lidar com determinadas situações. Funciona como uma mola propulsora. Ao contrário do estresse ruim, que adoece, fazendo com que a pessoa se intimide com a situação.

2- O estresse pode se manifestar em quatro fases

 A primeira é a fase de alerta, em que ficamos ansiosos. A segunda de resistência, quando não conseguimos relaxar, mas a situação ainda é reversível e buscamos o equilíbrio interno. A terceira fase, ligada à quase exaustão, é aquela em que ficamos quase sem forças para lutar e se adaptar. E por fim a quarta fase, a de exaustão, em que graves problemas de saúde se instalam, como hipertensão arterial, úlceras gastrointestinais, câncer, algumas doenças de pele e problemas psicológicos.

3- Fique alerta aos sintomas

 Sinais de estresse quase nunca são valorizados. É comum as pessoas acharem que o que sentiram foi um mal súbito e que não voltará a ocorrer. Para isso, é fundamental ficar atento aos sinais do corpo e se os sintomas ocorrerem mais de uma vez é recomendado procurar um médico para um check up.




 

 

 

 

px

artigos

 
 
Luciano Antonio Serrano
Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
 
Allan Alves
10 dicas para aumentar a sua empregabilildade
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 

 

 

 
 
       
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos - Saiba mais
 
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.
 
       
 
   

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2018.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.