O outro lado da sustentabilidade - #Sustentabilidade https://www.google.com/appserve/mkt/p/ABMBUQNF_ZZQIgLv7lqQNcSgvY2XHQqooDnzPrT-XURcaujJY2Rd0BUOgSoxn22cRrroXseTT_hpoLyOgzvCuSVAYFdcAPDvpAuF9gLgS074wgL4
 
INC EmpreendedorINC Pautas..editora

 

MASTER PROFESSIONAL - Crie 5 produtos altamente lucrativos

Após 10 ANOS e 40.000 títulos publicados,
creio já ter feito o bastante pelo empreendedorismo,
ao menos por este canal.
Este site está à venda, completo, com domínio e clientes.
Entre em contato com sua proposta

 

INCorporativa Empreendedor

Gerenciador Financeiro
móvel
       
#Sustentabilidade Bookmark and Share    
  12/03/2015 - O que Segurança do Trabalho tem a ver com Sustentabilidad...
  10/10/2013 - Empresas brasileiras e as mudanças climáticas
  27/09/2013 - Desenvolvimento sustentável e maniqueísmo
1 2  3  4  5  6   
O outro lado da sustentabilidade

São ações que ultrapassam os limites da reciclagem e economia de energia


  Views: 29648 - incorporativa.com.br - reprodução permitida com link para fonte

 31/05/2014 - Por João Ladislau Rosa* 

Finalmente no século XXI a sustentabilidade ganha espaço em debates de política públicas, no seio da comunidade e nas mais diversas organizações sociais. Suprir as necessidades atuais do ser humano sem criar risco às novas gerações é uma obrigação. E essa responsabilidade deve ser cobrada coletiva e individualmente por cada um de nós.

 Já são relevantes os avanços na área da saúde. Exemplo é o Projeto Hospitais Saudáveis, associação sem fins econômicos, dedicada a transformar o setor em um exemplo para toda a sociedade em aspectos de proteção ao meio ambiente e à saúde do trabalhador, do paciente e da população em geral. . Aliás, há uma série de iniciativas louváveis de instituições socialmente responsáveis.

 São ações que ultrapassam os limites da reciclagem e economia de energia, incluindo redução do grau de toxicidade e perigos nos procedimentos em hospital. Há ainda por parte de certas instituições investimento na gestão sustentável de sistemas e serviços exemplares em termos de proteção à saúde e ao meio ambiente.

 Temos também programas de educação e conscientização da comunidade hospitalar e da sociedade. Um bastante interessante culminou na criação um borboletário em Muriaé, zona da Mata Mineira. O objetivo é contribuir para o aumento da biodiversidade, sensibilizando ainda alunos e moradores para a questão da preservação ambiental.

 Falamos de avanços inegáveis e de diversas matizes, como a retirada de termômetros de mercúrio das unidades hospitalares. Tais termômetros são a principal fonte urbana dessa substância, uma das mais danosas à saúde e ao meio ambiente. Nada justifica seu uso, já que podem ser facilmente substituídos por produtos digitais bem acessíveis.

 É importante frisar, porém, que muito precisamos caminhar para falar de sustentabilidade com autoridade. Em termos de Brasil, o que temos de bagagem acumulada não chega a ser uma gota em meio ao oceano. O mesmo vale para nosso meio profissional, pois os médicos podem e devem se envolver com mais profundidade em debates e ações para a preservação do planeta.

 Sempre é bom registrar que a sustentabilidade na saúde não se restringe ao universo que vivenciamos diariamente em clínicas, consultórios, hospitais, universidades. O ser humano deve ser visto de forma integral, em todas as suas necessidades no hoje e no amanhã.

 O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), da Organização das Nações Unidas (ONU), leva em consideração determinantes sociais como renda, educação e outras condições socioeconômicas, culturais e ambientais, a produção de alimentos e o acesso à alimentação, ambiente de trabalho, condições de vida, desemprego, saneamento básico, serviços de saúde, habitação, redes sociais e comunitárias e estilo de vida. O conceito é que uma boa qualidade de vida influencia positivamente a saúde.

 Dessa forma, temos o dever de participar das discussões que envolvem cada uma dessas determinantes, pois, só com ações globais, teremos de fato políticas públicas sustentáveis, alicerce para a construção de um sistema de saúde verde e de uma sociedade melhor.

* João Ladislau Rosa, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo




 

 

 

 

px

artigos

 
 
Luciano Antonio Serrano
Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
 
Allan Alves
10 dicas para aumentar a sua empregabilildade
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 

 

 

 
 
       
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos - Saiba mais
 
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.
 
       
 
   

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2018.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.