Empreenda mais e melhor!
FAÇA O CADASTRO E GANHE:
- Palestra Empreender ou não empreender: eis a questão
- Nova edição da revista INCorporativa Negócios

 

E-mail
Nome:


 
INC EmpreendedorINC PautasINC NegóciosINC Curso Administração EmpreendedoraINC EditoraINC Divulgador
 

INCorporativa Empreendedor
login
Esqueci a senha

   
PAC-PME

 

Gerenciador Financeiro
móvel
       
  Bookmark and Share     
#RH / #Gestão Pessoas / #Coaching
A relação entre Sustentabilidade e Responsabilidade Social e sua aplicação na área de Recursos Humanos

A Responsabilidade social pode ser compreendida como um dos pilares da sustentabilidade!!!!!!

Este artigo foi visto 19066 vezes

31/01/2012 - Simoni Casagrande Dal Col*

Neste artigo busca-se refletir sobre a relação entre sustentabilidade e responsabilidade social nas ações das empresas e sua influência na área de Recursos Humanos. Num primeiro momento, iremos diferenciar cada termo, ou seja, há grandes diferenças entre sustentabilidade e responsabilidade social, sendo assim, podemos de imediato dizer que responsabilidade social é um dos pilares da sustentabilidade.

É muito comum que as empresas brasileiras agreguem os projetos de responsabilidade social na área de Recursos Humanos, ou seja, trabalho voluntário, questões como saúde, segurança e condições de trabalho são ações sustentáveis voltadas para a integração entre recursos humanos e responsabilidade social.

O termo sustentabilidade tem-se tornado tema-chave de discussões em qualquer parte do mundo, ou seja, esta palavra nunca esteve tão na moda como atualmente. São as atitudes sustentáveis concretas que fazem a total diferença, pois proporcionam mudanças relevantes em prol da qualidade de vida e propiciam iniciativas para diminuição da poluição que assola os mares e rios, bem como outras fontes naturais do planeta.

Em contrapartida a responsabilidade social pode significar uma visão empreendedora nas empresas, voltada mais especificamente para os aspectos do entorno social do qual a empresa está inserida, assim como a busca constante em atingir um desenvolvimento sustentável e com qualidade de vida, sem deixar de lado a preocupação com a geração de lucro e vantagem competitiva no mercado atual.

As organizações atuais são consideradas agentes transformadores que exercem elevada influência nos recursos humanos, na sociedade e no meio ambiente, possuindo também recursos financeiros, tecnológicos e económicos que contribuem para o sucesso organizacional. Diante disto, procuram colaborar de alguma forma para o fortalecimento destas áreas, com posturas éticas, transparencia e justiça social.

A sustentabilidade corporativa está baseada em três aspectos básicos: o ambiental, o econômico e o social. O primeiro aspecto diz respeito ao uso racional dos recursos naturais e da maximização dos impactos ambientais positivos no ciclo de vida dos produtos, desde a extração da matéria-prima até a sua utilização final. Ou seja, cabe à empresa preocupar-se também com os impactos ambientais positivos e negativos da sua atividade produtiva, tentando elevar sua credibilidade e minimizar os possíveis impactos sociais e ambientais causados.

Quanto ao aspecto econômico, o mesmo trata da sustentabilidade dos negócios das empresas, que devem buscar constantemente a lucratividade e a remuneração do capital. Quanto ao terceiro aspecto, são levadas em consideração as políticas de responsabilidade social e sua utilização formal no ambiente corporativo.

Essa tríade serve como caminho para os gestores das organizações, propiciando a interação com o meio ambiente, visando garantir o acesso das futuras gerações aos recursos naturais e com o mercado, para preservar a competitividade e continuidade da organização; e também com seus colaboradores, levando em conta a responsabilidade social.

Surge a necessidade de um pensar diferenciado da área de Recursos Humanos das organizações, estruturando-se de modo a atender as emergentes estratégias de sustentabilidade das empresas. Ou seja, certificações e ferramentas não são os únicos instrumentos que fazem com que a responsabilidade social e a área de recursos humanos atuem de forma integrada.

Nesse sentido, observa-se que projetos realizados em conjunto com foco no trabalho voluntário, treinamentos sobre sustentabilidade e qualidade de vida são elementos que favorecem a prática social e contribuem para a sobrevivência das organizações.

Desse modo, seja atuando de forma independente ou respondendo a outras demandas, a sustentabilidade possui papel fundamental na transformação das organizações do futuro, e aliada aos Recursos Humanos, buscar melhorar as relações de trabalho, o cotidiano dos colaboradores, o clima organizacional, e principalmente, orientar e capacitar os colaboradores para uma atuação mais sustentável não apenas no ambiente corporativo, mas também no seu cotidiano.

Vale ressaltar que organizações socialmente responsáveis e que praticam ações sustentáveis possuem maior longevidade no mercado e por sua vez conseguem selecionar e reter seus talentos de forma mais natural e efetiva.

Outro elemento que merece destaque é que a realização de programas de responsabilidade social devem estar inseridos nos propósitos estabelecidos pela organização, devendo estar incutidos de forma clara na missão, visão e valores divulgados, bem como estar diretamente associada à cultura organizacional, visando uma mudança de atitude e de postura organizacional.

Finalizo o presente artigo com a seguinte frase do ilustre "empresário social", Oded Grajew: “A prática demonstra que um programa de responsabilidade social só traz resultados positivos para a sociedade e para a empresa se for realizado de forma autêntica. É necessário que a empresa tenha a cultura da responsabilidade social incorporada à sua visão de negócio.”

Referências:

ASHLEY, Patrícia Almeida (coord.). Ética e responsabilidade social nos negócios. São Paulo: Saraiva, 2003.

KRAMER, M. E. P. TINOCO, J. E. P. Contabilidade e gestão ambiental. São Paulo: Atlas, 2004.

MOURA, R. A. Ética no Meio Ambiente do Trabalho. Editora Juarez de Oliveira, São Paulo: 2004. 176p.

Mini-currículo:
DAL`COL, Simoni Casagrande. Pós-graduada em Gestão de Pessoas e Logística, professora Assistente do Departamento de Ciências Contábeis e Administração da Faculdade de Aracruz-FAACZ (Espírito Santo).

Você mesmo pode inserir ARTIGOS com um cadastro Pessoa Física.

Facebook xCurta a INCorporativa no Facebook
Twitter xAcompanhe pelo Twitter
Newsletter xReceba a Newsletter
Envie notícias xViu alguma notícia e quer que publiquemos? Envie-nos


Mais de hoje:
  28/10/2014 - Você sabe escutar? Faça o teste
  23/10/2014 - Adwords e Otimização de sites: uma união de sucesso
  22/10/2014 - A nossa percepção dos riscos
  15/10/2014 - A parceria entre SEO e Marketing de conteúdo
  14/10/2014 - O que é uma Persona?

 

 

 

 

px
Linked In
RSS Feeds Twitter
artigos
 
Publique seus Artigos
- Faça o login para publicar
 
Ernesto Berg
Você sabe escutar? Faça o teste
 
Janaina Nogueira
Adwords e Otimização de sites: uma união de sucesso
 
Helder Sampaio
A nossa percepção dos riscos
 
Paulo Massuno
Coaching Executivo
 
Pedro Paulo Morales
Estamos a caminho de um mundo Z?
 
JOCIENE
Impactos do desemprego tecnológico no mercado de trabalho
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 
 
AGÊNCIA DE PAUTAS, HOJE
Assessoria, cadastre-se aqui
19:12  Com 12 milhões de acessos no Youtube, Opção 3 regrava “Lágrimas Vão e Vem”
15:4  Banoffi lança opções sem glúten e sem lactose
14:42  Assespro-RS prepara sucessão presidencial e comemoração aos 35 anos
14:39  Tecnologias sustentáveis com resultados favoráveis
14:17  Metal Work lançou Manual de Economia de Energia
13:36  Exclusão das empresas dos Simples
12:41  Especialista em Direito e Processual Civil lança livro sobre a Lei do Inquilinato nesta quinta no Catuaí
12:39  2ª Copa Catuaí de Hipismo acontece neste fim de semana em Maringá

Visite o site
 
 
x
 
 
 
  Editora INCorporativa  
EDITORA INCorporativa
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos. Saiba mais
A Editora INCorporativa mantém este site, além de uma revista online. Veja abaixo.
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Revista online desenvolvida em conjunto com assessorias de comunicação. Saiba mais
 
  VOCÊ ESTÁ AQUI:
  INCorporativa Empreendedor   INCorporativa EMPREENDEDOR
Notícias e artigos de interesse ao empreendedor e seus colaboradores.
Cadastrados podem inserir artigos sobre negócios e utilizar o gerenciador financeiro Meu Dinheiro.
Acesse diariamente e atualize-se. Siga-nos no Facebook e Twitter.
 
       
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
Cadastro Nas Redes Sociais
Linkedin
Twitter
ME Adiciona
 
Institucional
Fale Conosco
Parcerias
Quem Somos
Termos de Uso
Política Privacidade
 
 
 
Mais
Sugerir artigos
Sugerir pauta
Afiliados
Meu Gerente
 
Marcas que Brilham
.
Meu Dinheiro
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2014.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.