https://www.google.com/appserve/mkt/p/ABMBUQNF_ZZQIgLv7lqQNcSgvY2XHQqooDnzPrT-XURcaujJY2Rd0BUOgSoxn22cRrroXseTT_hpoLyOgzvCuSVAYFdcAPDvpAuF9gLgS074wgL4

ESTE SITE ESTÁ À VENDA

 

CONTATO


 
INC EmpreendedorINC Pautas..editora

 

MASTER PROFESSIONAL - Crie 5 produtos altamente lucrativos

Após 10 ANOS e 40.000 títulos publicados,
creio já ter feito o bastante pelo empreendedorismo,
ao menos por este canal.
Este site está à venda, completo, com domínio e clientes.
Entre em contato com sua proposta

 

INCorporativa Empreendedor

Gerenciador Financeiro
móvel
       
  Bookmark and Share    
#MPE / #Empreendedores
Negócio próprio pode ser um campo minado

Não basta entender DO negócio, é preciso, mais que nunca, entender DE negócios.

Este artigo foi visto 1257 vezes

24/08/2015 - Rogerio Lubk*



Muitas pessoas ainda encerradas dentro de empresas, fazendo nem sempre aquilo que gostam e nem sempre ganhando o que queriam. Esta é a fórmula ideal para aquela vontade quase irresistível de empreender e ter um negócio seu, livrar-se do chefe, dos horários e das reuniões improdutivas e intermináveis.

O mesmo acontece dentro das universidades.

Afinal você entende muito de sua área, estudou para isso, preparou-se a vida toda, é um especialista e domina completamente seu campo de atuação. Conhece o mercado, os fornecedores, o perfil dos clientes. Será que isso é suficiente para iniciar um negócio sustentável que ofereça a liberdade e os ganhos desejados? Obviamente que não.

Você pode entender muito DO negócio, porém entender DE negócios é algo muito diferente.

Vamos a um exemplo prático: independente da atividade que desenvolva, digamos que você tenha uma grande habilidade manual e faça doces fantásticos. Mais de uma vez, em festas em casa e na casa de parentes e amigos, alguém sempre pergunta por que você não abre seu próprio negócio e afirma que venderia muito com o talento que você tem.

Aliás, você gosta tanto da atividade que nem se importa em começar depois de um dia inteiro de trabalho e ficar até de madrugada preparando dezenas, centenas de docinhos de várias formas e acabamentos para a festa do final de semana. E isso é ótimo!

Então você pega sua indenização, compra equipamentos e suprimentos, faz panfletos e cartões e sente aquele ar de liberdade, de ter controle de sua vida.

Mas...

O tempo passa e você consegue mais e mais pedidos, seu preço é ótimo. Sua capacidade de produção é de, digamos, 500 doces por dia.

Então começa a aumentar suas horas de trabalho para dar conta, aliás, começa até a recusar trabalhos por não ter capacidade produtiva. E nem tem ainda verba o bastante para mais equipamentos e pagar mão de obra.

O cansaço com o passar do tempo é inevitável. Você acorda de madrugada, compra mais suprimentos, produz o quanto pode, mas tem que parar para ir ao banco, atender telefone, fazer entregas, cada vez mais as atividades externas tomam mais e mais tempo e sua produção cai, obviamente.

Sua qualidade também cai, inevitavelmente, porque a pressa é inimiga da perfeição.
E em determinado ponto você se dá conta que virou escravo de si mesmo, trabalhando até a exaustão todos os dias da semana.

Não diga que sou pessimista, relatei o caso real de uma amiga.

 

 



Leia também:
  13/06/2017 - Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
  13/06/2017 - A Arte de Questionar-se!
  13/06/2017 - Atitudes de Lider - Líder Multiplicador

 

 

 

 

px

artigos

 
 
Luciano Antonio Serrano
Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
 
Allan Alves
10 dicas para aumentar a sua empregabilildade
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 

 

 

 
 
       
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos - Saiba mais
 
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.
 
       
 
   

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2018.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.