https://www.google.com/appserve/mkt/p/ABMBUQNF_ZZQIgLv7lqQNcSgvY2XHQqooDnzPrT-XURcaujJY2Rd0BUOgSoxn22cRrroXseTT_hpoLyOgzvCuSVAYFdcAPDvpAuF9gLgS074wgL4

ESTE SITE ESTÁ À VENDA

 

CONTATO


 
INC EmpreendedorINC Pautas..editora

 

MASTER PROFESSIONAL - Crie 5 produtos altamente lucrativos

Após 10 ANOS e 40.000 títulos publicados,
creio já ter feito o bastante pelo empreendedorismo,
ao menos por este canal.
Este site está à venda, completo, com domínio e clientes.
Entre em contato com sua proposta

 

INCorporativa Empreendedor

Gerenciador Financeiro
móvel
       
  Bookmark and Share    
#RH / #Gestão Pessoas / #Coaching
Prisões psíquicas, fantasmas, sombras e arquétipos

De que forma as culturas organizacionais podem ser representadas por uma série de metáforas?

Este artigo foi visto 587 vezes

19/08/2015 - Allan Alves*

Metáfora é uma figura de linguagem que produz sentidos figurados por meio de comparações implícitas. A metáfora pode dar um duplo sentido à frase.

A metáfora também é uma ferramenta linguística muito utilizada no dia-a-dia, sendo importantíssima na comunicação humana. Uma pesquisa recente demonstra que durante uma conversa o ser humano usa em média quatro metáforas por minuto.

A construção de imagens organizacionais tem sido apontada como útil para a compreensão do comportamento humano no trabalho, há ausência de ações confiáveis da percepção dessas imagens por parte de um conjunto mais amplo de membros das organizações.

As grandes transformações sociais nos últimos anos como, demográficas, culturais e tecnológicas têm tido profundo impacto nas relações de trabalho e exigem mudanças nas estruturas organizacionais, geram novas expectativas, demandas e atitudes dos funcionários. Estas alterações levam a ajustes frequentes por parte das organizações e uma pró-atividade para lidar com essas mudanças e, desta forma, garantir a sua sobrevivência e o seu crescimento.

As metáforas organizacionais são formas de compreender as organizações. Elas podem ter início com certas ideias que podem ter sido desenvolvidas a partir de teorias ou a partir de uma construção social. As ideias são criadas, desenvolvidas e fortalecidas, ao serem compartilhadas entre todos nas organizações. As metáforas atuam de forma, mesmo que incompleta, de pensar e de ver as organizações, criando a partir das experiências e interações sociais dos colaboradores, gestores e direção, mas que interferem nos seus comportamentos e nos próprios processos e modelos organizacionais.

Joaquim Nabuco, um dos grandes diplomatas do Império do Brasil (1822-1889), além de orador, poeta e memorialista, certa vez citou: “É a imaginação, tocha divina apensa ao espírito do homem, que lhe permite mover-se nas trevas da criação. Assim os peixes das profundezas oceânicas trazem um facho que os ilumina na noite eterna. Sem isto para que lhes serviriam os olhos? Sem imaginação, que utilidade teria para o homem a inteligência?”.

Muitas ideias convencionais sobre organizações e administração foram construídas sobre um pequeno número de imagens tidas como certas.

Gareth Morgan teórico organizacional britânico, consultor de administração e professor Emérito da Universidade de York em Toronto, conhecido como criador do conceito da Metáfora Organizacional sugere que as organizações podem ser representadas por uma série de metáforas:

Máquina: baseada em procedimentos eficientes, padronizados e controlados. Cada unidade operacional funciona com um dente na engrenagem de uma roda.

Organismo: um sistema vivo com um ciclo de vida de nascimento, maturidade, mote – uma questão de sobrevivência do mais forte.

Cérebros: um ambiente de aprendizagem envolvido com processamento de informações, ênfase em conhecimento, inteligência e retorno.

Valores: uma organização baseada em valores, com ênfase em tradição, crenças, história e uma visão compartilhada.

Sistemas políticos: uma cultura desenvolvida sobre uma base de preservação de interesses e direitos, com programas e alianças ocultas.

Prisões psíquicas: representam a cultura em termos de sentimentos conscientes e inconscientes de repressão e regressão.

Fluxo e transformação: veem a cultura como um furacão de mudança; às vezes, benéficas, mas, às vezes, caóticas e paradoxais.

Instrumentos de dominação: representam uma cultura fundamentada na agressão, aquiescência, exploração e imposição de valores.

As metáforas organizacionais podem ser utilizadas para identificar como você e o seu pessoal se sentem em relação à cultura organizacional. As metáforas criam janelas que nos revelam a alma da organização e nos permite ver, entender e imaginar a organização de modos diferentes.

Ter um enfoque diferenciado em enxergar uma organização, usando a metáfora que é crucial para a leitura e entendimento da vida organizacional. Isto nos revela a lógica da mudança, as organizações como instrumentos de dominação, fazendo com que olhemos a empresa onde se trabalha de uma forma diferente. Nos leva a uma reflexão sobre as metas e objetivos, observando que o trabalho pode não ser rotineiro e repetitivo.

A metáfora nos dá a oportunidade de aprofundamento, de visão diferenciada das coisas e na forma de agir, facilitando a compreensão dos processos das empresas.

A sua empresa pode ser um cérebro cibernético auto-organizativo ou até mesmo uma organização com prisão psíquica, povoada pelo inconsciente e seus fantasmas e representações de morte e imortalidade, ansiedade, sombras e arquétipos.

Qual a sua metáfora organizacional?

Todos os componentes de sua equipe compartilham da mesma imagem que você tem da organização?

Pense nisso e sucesso sempre!

Allan Rodrigues Alves é Diretor Presidente da RHSG Gestão de Pessoas e Soluções – Educação Corporativa e Desenvolvimento Humano, Head Trainer, Treinador Comportamental, Coach, Consultor, Palestrante e Facilitador. Coautor dos livros O PODER DO COACHING pela Editora IBC, TREINAMENTOS COMPORTAMENTAIS, CONSULTORIA EMPRESARIAL, A ARTE DA GUERRA – DESPERTE O “SUN TZU” QUE ESTÁ DENTRO DE VOCÊ, todos pela Editora Ser Mais. Especialista em Recursos Humanos, atua no Desenvolvimento Humano, Treinamentos Corporativos, Liderança e Consultoria em RH.

allan@rhsg.com.br | www.rhsg.com.br | 0800 773 6026 (4654)

 



Leia também:
  13/06/2017 - Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
  13/06/2017 - A Arte de Questionar-se!
  13/06/2017 - Atitudes de Lider - Líder Multiplicador

 

 

 

 

px

artigos

 
 
Luciano Antonio Serrano
Liderança Praticada na Azul Linhas Aéreas
 
Allan Alves
10 dicas para aumentar a sua empregabilildade
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 

 

 

 
 
       
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos - Saiba mais
 
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.
 
       
 
   

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2018.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.