Empreenda mais e melhor!
FAÇA O CADASTRO E GANHE:
- Palestra Empreender ou não empreender: eis a questão
- Nova edição da revista INCorporativa Negócios

 

E-mail
Nome:


 
INCorporativa EmpreendedorINCorporativa NegóciosINCorporativa PautasEditora INCorporativa

INCorporativa Empreendedor
login
Esqueci a senha

   
PAC-PME

 

Gerenciador Financeiro
móvel
       
  Bookmark and Share     
#Administração
Tecnologia da Informação como Vantagem Competitiva

Garrison (1988, pag.12), afirma que a informação é o motor que move os gestores.

Este artigo foi visto 17533 vezes

11/07/2011 - jordani do nascimento*

RESUMO:
Com o aumento na utilização da TI, atrelada as mais variadas formas e capacidades de telecomunicação, as analises relacionadas às mudanças organizacionais e os impactos nos locais de trabalho têm sido muito mais comuns. Sob enfoque estratégico, este artigo busca proporcionar a visão do papel potencial da Tecnologia da Informação como um recurso capaz de oferecer maior vantagem e competitividade as empresas. A presente pesquisa está organizada em cinco seções, que atuam com o intuito de gerar tirocínio no que diz respeito a esta importante ferramenta, bem como demonstrar o impacto dos Sistemas de Informação Gerencial possíveis nas organizações que a utilizam.

1 INTRODUÇÃO

Ao analisarmos as empresas baseando-nos em um contexto geral, verificamos que nos últimos quarenta (40) anos as mesmas vêm enfrentando a transição de uma economia industrial para uma baseada na tecnologia e informação.
Nesse tipo de situação o sucesso não depende apenas do que a organização possui em seu imobilizado, mas sim da facilidade de acesso a novas tendências tecnológicas que propiciem informações precisas e formas de organizar processos, reduzindo custos para gerar maior rentabilidade e aceitação aos negócios.

De acordo com Cruz (2010, p.26), Tecnologia da Informação é todo e qualquer dispositivo que tenha capacidade para tratar e ou processar dados e ou informações, tanto de forma sistêmica como esporádica, quer esteja aplicada no produto, quer esteja aplicada no processo.

Conforme Navarro (2007), a Tecnologia da Informação é o conjunto de recursos não humanos dedicados ao armazenamento, processamento e comunicação da informação, é a maneira como esses recursos estão organizados num sistema capaz de executar um conjunto de tarefas.

Desta forma a realização deste artigo justifica-se devido à importância de seus resultados para empresários e acadêmicos da área de gestão, especialmente aqueles da área de tecnologia, por ser muito discutida a importância da busca de vantagem competitiva nas empresas. Porem a pesquisa volta-se para a questão do potencial da área de TI para a obtenção desses resultados.

2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A SUA CAPACIDADE DE GERAR MUDANÇAS

A TI vem alterando o mundo dos negócios constantemente e de forma irreversível. A implantação desta importante ferramenta, sistematicamente em meados da década de 50 ocasionou mudanças incrivelmente bruscas nos cenários das organizações como um todo.

Sem dúvida a tecnologia vem contribuindo radicalmente, gerando grandes mudanças em nossa saciedade, encurtando distâncias e permitindo que outros mecanismos assumam e executem funções altamente complexas reduzindo assim, tempo e esforços humanos em sua execução.

Conforme Reis (2000, p. 17), o impacto de sua utilização no modo de vida das pessoas, a maneira como elas executam suas tarefas e se relacionam entre si de uma forma geral, tem sido tão marcante que muitos autores consideram que estamos vivendo “a era da informação”.

O atual cenário exige gestores altamente munidos de dedicação e empenho para fazer com que as informações cheguem no tempo certo às pessoas certas. Drucker (1999), revela que a revolução recente da TI vem suplantando o conceito tradicional de utilização da informação operacionalmente, para transformá-la em ferramenta auxiliar à tomada de decisões estratégicas, verdadeira tarefa da alta gerência.

3 O IMPACTO DA TI SOBRE O AMBIENTE DAS ORGANIZAÇÕES

Essa capacidade de gerar impacto existe devido às inúmeras facilidades que estes sistemas podem nos oferecer em nossas rotinas empresariais. E para que isto fique mais bem entendido citarei exemplos de algumas funções possíveis de serem executadas.

Uma delas é a sua aplicação para a tomada de decisões e a solução de problemas relacionados com a vantagem competitiva das empresas. Desta maneira estes sistemas concentram-se na garantia da prosperidade da empresa bem como a sua sobrevivência no mercado. O Objetivo destes mecanismos é oferecer condições para competir no mercado de igual para igual com seus concorrentes ou substitutos em geral.

O MRP II- Material Requirements Planning (Planejamento das Necessidades de Materiais) é outra importante ferramenta utilizada nas empresas fabricantes, pois constitui-se num método para o planejamento e controle eficaz, totalmente integrado trabalhando de cima para baixo e com possibilidade de feedback de baixo para cima. O sistema oferece uma coordenação entre marketing, finanças e produção.

Walton (1993, p.68), já descrevia o MRP II como um sistema que melhora o desempenho de entrega sincronizada, reduz o Lead times de obtenção, minimiza diversos custos, auxilia na rápida Solução de problemas e ainda oferece melhores condições para o estabelecimento de prioridades na organização.

A utilização da TI permite uma relação mais estreita entre empresa e fornecedores, na medida em que qualquer pedido ou sugestão da parte da empresa é possível de ser atendida ou apenas testada pelos fornecedores, assim permitindo uma modificação na maneira de pensar e de agir dos produtores e consumidores.

4 A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO VANTAGEM COMPETITIVA

A TI proporciona às organizações, profissionais, usuários e a sociedade maior capacidade para ampliar, adquirir, manipular e comunicar informações referentes aos negócios, vida profissional e pessoal de todos. Permite ultrapassar todo um conjunto de barreiras na medida em que existe uma nova maneira de pensar, pois em tempo real é possível às empresas agirem e reagirem rapidamente aos clientes, mercados e concorrência.

Luppi (2008) destaca quatro tipos principais de sistemas que atendem diversos níveis organizacionais: sistemas do nível operacional, que dão suporte a gerentes operacionais em transações como vendas, contas, depósitos, fluxo de matéria prima, entre outros. Sistemas do nível de conhecimento envolvem as estações de trabalho e automação de escritório a fim de controlar o fluxo de documentos. Sistemas do Nível Gerencial atendem atividades de monitoração, controle, tomadas de decisões e procedimentos administrativos dos gerentes médios. Temos ainda os sistemas de nível estratégico, que ajudam a gerencia sênior a enfrentar questões e tendências, tanto no ambiente externo como interno a empresa.

Vários modelos podem ser utilizados nos mais variados setores das empresas sendo que dentre os quais podemos citar os Sistemas de Processamento de Transações (SPTs), Sistemas de Apoio a Decisão (SAD) e os Sistemas de Apoio ao Executivo (SAEs), os quais em sua maioria são possuidores de imenso número de informações que por sua vez devem ser muito bem administradas para garantir a sua segurança e melhor utilização. Garrison (1988, pag.12), afirma que a informação é o motor que move os gestores.

A informação possui extrema importância no apoio as estratégias e processos de tomada de decisões, bem como no controle das operações empresariais. Sua administração consiste inicialmente em identificar as necessidades e requisitos da informação, coleta de dados, classificação, tratamento e armazenamento dos mesmos. Onde desta maneira são desenvolvidos produtos e serviços de informação que são disseminados estrategicamente na organização.

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

A evolução do mercado vem ocasionando uma acentuada turbulência no ambiente empresarial. Como argumentado por Drucker (1980, p. 33), “nesses tempos uma empresa deve manter-se ágil, forte sem gordura, capaz também de se movimentar rapidamente para aproveitar as oportunidades”.

Portanto, a Tecnologia da Informação é uma ferramenta decisiva para assegurar vantagem às organizações, pois ela propicia agilidade e eficácia estrema no auxílio à solução de problemas e alavancagem de processos. A inexistência de critérios, planejamento e investimentos nos recursos da TI como contratação, treinamentos e sensibilização dos profissionais e usuários finais, têm gerado grandes detrimentos às organizações de diferentes segmentos no mercado.

Os recursos contidos nesta ferramenta proporcionam aos arranjos empresariais, profissionais, usuários e a sociedade, expressiva capacidade para ampliar, contrair, manipular e notificar informações referentes aos negócios, vida profissional e pessoal de todos.

6 REFERÊNCIAS

BEUREN M. I. Gerenciamento da Informação: Um Recurso Estratégico no Processo de Gestão Empresarial. São Paulo, Atlas, 2000. 2ª Ed.

CRUZ T. Sistemas de Informações Gerenciais: Tecnologias da Informação e a Empresa do Sec. XXI. São Paulo, Atlas, 2010. 3ª Ed.

DRUCKER, P. On the Profession of Management: Cambridge, Mass. Harvard Business School Press, 1998.

__________________. Administrando em tempos turbulentos. São Paulo: Pioneiras, 1980.
GARRISON, R. H. Managerial accounting: Concepts for Planning, Control, Decision Making. Homewood, lllinois. BPI Irwin, 1988. 5ª Ed.

LAUDON PRICE J. E LAUDON KENNETC C. Sistemas de informação. Rio de janeiro, LTC Livros Técnicos e Científicos, 1999. 4ª Ed.

LUPPI I. Tipos de Sistemas de Informação na Empresa. 2008. Disponível em: http://www.oficinadanet.com.br/artigo/738/tipos_de_sistemas_de_informacao_na_empresa. Acessado em: 14 Abr. 2011.

NAVARRO I. O que é TI? Parte 1. Conceitos. Disponível em http://ilo.ciadolinux.com.br/2007/03/06/o-que-e-ti-parte-1-conceitos. Acessado em: 20 de Abr. 2011.

REIS G. A. Sistemas de Informação: O Alinhamento da Estratégia de TI com a Estratégia Corporativa. São Paulo, Atlas, 2000.

WALTON E. R. Tecnologia de Informação: O uso de TI pelas empresas que obtêm vantagem competitiva. São Paulo, Atlas, 1993. 1ª Ed.

Você mesmo pode inserir ARTIGOS com um cadastro Pessoa Física.

Facebook xCurta a INCorporativa no Facebook
Twitter xAcompanhe pelo Twitter
Newsletter xReceba a Newsletter
Envie notícias xViu alguma notícia e quer que publiquemos? Envie-nos


Mais de hoje:
  29/09/2014 - Como funciona o Inbound Marketing
  29/09/2014 - Impactos do desemprego tecnológico no mercado de trabalho
  26/09/2014 - A importância do SEO para geração de leads
  25/09/2014 - O que é um Call-to-action?
  22/09/2014 - Iluminação a LED

 

 

 

 

px
Linked In
RSS Feeds Twitter
Curso online administração emprendedora
artigos
 
Publique seus Artigos
- Faça o login para publicar
 
Janaina Nogueira
Como funciona o Inbound Marketing
 
JOCIENE BRITO
Impactos do desemprego tecnológico no mercado de trabalho
 
Roberto Blatt
Iluminação a LED
 
Paulo Massuno
Diagnóstico Empresarial
 
Ernesto Berg
Como anda seu marketing pessoal? Faça o teste
 
H.R.Meirim
Como a intralogística pode proporcionar melhores resultados para a sua...
 
   
- Mais vistos - Ver todos

 
 
AGÊNCIA DE PAUTAS, HOJE
Assessoria, cadastre-se aqui
17:23  Outubro Rosa: Hospital Erasto Gaertner reforça a importância da prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama
16:47  ESocial: O quê, porquê e como. Uma abordagem executiva
16:13  CYRELA APRESENTA NOVA MARCA
15:29  Removendo as impurezas da pele
14:58  Bild lança torre Über Gaudí
14:52  Nutricionista do Hospital Sepaco dá dicas de alimentação saudável na Melhor Idade
13:34  Ainda dá tempo de se preparar para o verão
10:20  Shopping Curitiba e Make-A-Wish® Brasil realizam sonhos infantis no Dia das Crianças

Visite o site
 
 
x
 
 
 
  Editora INCorporativa  
EDITORA INCorporativa
Desenvolvemos sua publicação empresarial - jornais, revistas, informativos. Saiba mais
A Editora INCorporativa mantém este site, além de uma revista online. Veja abaixo.
 
  Pautas INCorporativa   PAUTAS INCorporativa
Assessorias de comunicação publicam seus releases e sugestões de pauta.
O site divulga os textos nas redes sociais e o distribui a jornalistas cadastrados. Saiba mais
 
  incorporativa negócios   INCorporativa NEGÓCIOS
Revista online desenvolvida em conjunto com assessorias de comunicação. Saiba mais
 
  VOCÊ ESTÁ AQUI:
  INCorporativa Empreendedor   INCorporativa EMPREENDEDOR
Notícias e artigos de interesse ao empreendedor e seus colaboradores.
Cadastrados podem inserir artigos sobre negócios e utilizar o gerenciador financeiro Meu Dinheiro.
Acesse diariamente e atualize-se. Siga-nos no Facebook e Twitter.
 
       
 
Noticias e Artigos  
Administração
Artigos Diversos
Artigos dos leitores
Comércio Exterior
Editoriais
Empreendedorismo - MPE
Entrevistas
Especiais
Eventos. Cursos.
Finanças e Economia
Franchising
Legislação / Jurídico
Mídias/Redes Sociais
Marketing, publicidade, Marcas
 
 
 
 
Cadastro Nas Redes Sociais
Linkedin
Twitter
ME Adiciona
 
Institucional
Fale Conosco
Parcerias
Quem Somos
Termos de Uso
Política Privacidade
 
 
 
Mais
Sugerir artigos
Sugerir pauta
Afiliados
Meu Gerente
 
Marcas que Brilham
.
Meu Dinheiro
 
Artigos refletem única e exclusivamente a opinião de seus autores. Todo o conteúdo divulgado decorre de informações advindas das fontes mencionadas, sendo, portanto, de responsabilidade exclusiva da fonte ou do autor, não cabendo à INC Comunicação ou à Revista INCorporativa responsabilidade por citações, teor, exatidão ou veracidade do conteúdo, produto ou serviço divulgado. Indicação de publicações são apenas para divulgação, não sendo avaliados por este veículo de comunicação.

 

 

INCorporativa, Revista INCorporativa, Revista Corporativa são Marcas Registradas - 2007-2014.
Esta publicação online é gratuita, uma cortesia da 
© Editora INCorporativa - Comunicação e Produção Editorial

Reprodução de conteúdo permitida com link para a fonte.